sexta-feira, 24 de novembro de 2017

São Padre Pio de Pietrelcina e o Trabalhador

São Padre Pio de Pietrelcina e o Trabalhador

Um dos trabalhadores do convento ia sair para ir embora já muito tarde, e quando se preparava começou uma chuva muito forte. Ele dirigiu-se então ao padre Pio e pediu:

“Padre Pio eu não tenho guarda-chuva. Posso ficar aqui até de manhã? Se não puder ficar, vou caminhar nesta chuva! ”

Padre Pio respondeu-lhe:

"Eu lamento muito meu filho, não é possível. Mas não se preocupe! Eu o acompanharei!"

O homem sabia que com a ajuda de Padre Pio a caminhada seria menos rigorosa. Mas Padre Pio não saiu da cadeira e o trabalhador não entendeu!

Então, ele colocou o chapéu e saiu. Entre o Convento e o povoado a distância era de duas milhas!
Assim que saiu, percebeu com surpresa e espanto que não chovia mais. Havia somente um orvalhar, que se manteve até ele chegar a casa. Ao chegar a casa sua esposa exclamou:

"Meu Deus, você deve estar molhado até aos ossos!”

Ele respondeu:

“Nada disso, não está a chovendo, cai apenas um orvalho suave”.

Os camponeses que lá estavam olharam uns para os outros e confusos disseram:

“O quê? Não está chovendo mais? Está chovendo muito! Escute! ”

Eles abriram novamente a porta e estava chovendo torrencialmente. Comentaram que chovia há mais de uma hora ininterruptamente. Perguntaram a ele:

“Como você conseguiu vir para cá sem se molhar? ”

Ele respondeu:

“O padre Pio disse que me acompanharia."

Então, os camponeses perceberam que tinha sido mais um milagre do padre Pio, e comentaram:

"Agora está tudo esclarecido."

Dirigiram-se calmamente à cozinha onde iriam jantar, quando a esposa disse:

"Sem dúvida, a companhia do padre Pio é muito melhor do que a de um simples guarda-chuva."



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Padre Francesco Bemonte

Padre Francesco Bemonte - Presidente da Associação Internacional de Exorcistas. São Pio de Pietrelcina, como também o beato carmelita e...