sexta-feira, 3 de março de 2017

Fé - Piedade - Virtude

Há três atos, meus irmãos, em que a Fé se sustenta, a Piedade consiste e a Virtude se mantém: “A Oração, o Jejum e a Misericórdia”.
Com a Oração você sustenta sua Fé!
No Jejum vivera a Piedade!
Sendo Misericordioso tornar-se-á Virtuoso!
A Oração bate à porta, o Jejum obtém, a Misericórdia recebe.
Oração, Misericórdia e Jejum são uma só coisa, dando-se mutuamente a vida.
Com efeito, o Jejum é a alma da Oração e a Misericórdia é a vida do Jejum.
Que ninguém os divida, pois não podem ser separados. Quem pratica apenas um ou dois deles, esse nada tem.

Assim, pois, aquele que Reza tem de Jejuar, e aquele que Jejua tem de ter Piedade, escutando o homem que pede e que, ao pedir, deseja ser escutado. Pois aquele que não se recusa a ouvir os outros quando lhe pedem alguma coisa, esse é ouvido por Deus.

Aquele que pratica o Jejum tem de compreender o Jejum; isto é, tem de ter compaixão do homem que tem fome, se quer que Deus tenha compaixão da sua própria fome.

Aquele que espera obter Misericórdia tem de ter Misericórdia; aquele que quer beneficiar da bondade tem de praticá-la; aquele que quer que lhe deem tem de dar. Sê pois a norma da Misericórdia a teu respeito: se queres que tenham Misericórdia de ti de certa maneira, em certa medida, com tal prontidão, sê tu Misericordioso com os outros com a mesma prontidão, a mesma medida e da mesma maneira.

A Oração, a Misericórdia e o Jejum devem, pois, constituir uma unidade!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Padre Francesco Bemonte

Padre Francesco Bemonte - Presidente da Associação Internacional de Exorcistas. São Pio de Pietrelcina, como também o beato carmelita e...