sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

CIC- Catecismo da Igreja Católica

CIC - Catecismo da Igreja Católica.
Parágrafo 827.
"Mas enquanto Cristo, 'santo, inocente, imaculado', não conheceu o pecado, mas veio apenas para expiar os pecados do povo, a Igreja, reunindo em seu próprio seio os pecadores, busca sem cessar a penitência e a renovação." (1490) Todos os membros da Igreja, inclusive seus ministros, devem reconhecer-se pecadores. (1491). Em todos eles o joio do pecado continua ainda mesclado ao trigo do Evangelho até o fim dos tempos (1492). a Igreja reúne, portanto, pecadores alcançados pela salvação de Cristo, mas ainda em via de santificação.
A Igreja é santa, mesmo tendo pecadores em seu seio, pois não possui outra vida senão a da graça: é vivendo de sua vida que seus membros se santificam; é subtraindo-se à vida dela que caem nos pecados enas desordens que impedem a irradiação da santidade dela. É por isso que ela sofre e faz penitência por essas faltas, das quais tem o poder de curar seus filhos, pelo sangue de Cristo e pelo dom do Espírito Santo (1493).
1490 - LG 8; cf. UR 3; 6.
1491 - Cf. 1Jo 1, 8-10.
1492 - Cf. Mt 13, 24-30.
1493 - SPF 19. - 1494.
Siglas:
LG - Lumen gentium.
UR - Unitatis redintegratio.
SPF - Credo do povo de Deus: solene profissão de Fé.
VIVAT CHRISTUS REX
www.facebook.com/VivaCristoRei
google.com/+VivaCristoRei
salvecristorei.blogspot.com.br
www.pinterest.com/vivacristorei
twitter.com/VivaCristoRei
vivacristorei.tumblr.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Padre Francesco Bemonte

Padre Francesco Bemonte - Presidente da Associação Internacional de Exorcistas. São Pio de Pietrelcina, como também o beato carmelita e...