sábado, 28 de novembro de 2015

Pela Santa Obediência

Os Fioretti de São Francisco - (Fioretti - Significa “florezinhas”. Elas foram escritas em italiano antigo do século XIV e eram Histórias contadas, passando dos discípulos de São Francisco até o século XIV, quando foram colocadas por escrito).

Como S. Francisco, por um mau pensamento que teve contra Frei Bernardo, ordenou ao Frei Bernardo que por três vezes lhe pisasse a garganta e a boca.

O devotíssimo servo do Crucificado, São Francisco, por causa da aspereza da penitência e contínuo chorar, ficara quase cego e quase não via o lume.

Uma vez, entre outras, partiu do convento, onde estava e foi ao convento onde vivia Frei Bernardo, para com ele falar das coisas divinas e, chegando ao convento, soube que ele estava na floresta em oração, todo enlevado e absorvido em Deus. Então São Francisco foi à floresta e o chamou: "Vem, disse, e fala a este cego"; e Frei Bernardo não lhe respondeu nada, porque, sendo homem de grande contemplação, tinha a mente suspensa e enlevada em Deus, e porque tinha a graça singular de falar de Deus, como São Francisco tinha por vezes experimentado: e portanto desejava falar com ele.

Depois de algum tempo, chamou-o do mesmo modo, segunda e terceira vez; e de nenhuma vez Frei Bernardo o ouviu, por isso não lhe respondeu e não se foi a ele. Pelo que São Francisco se partiu um pouco desconsolado; maravilhando-se e lastimando-se só consigo de que Frei Bernardo, chamado por três vezes, não lhe fora ao encontro.

Partindo-se com este pensamento, São Francisco, quando se afastou um pouco, disse ao seu companheiro: "Espera-me aqui". Distanciou-se para um lugar solitário e, pondo-se em oração, rogava a Deus que lhe revelasse por que Frei Bernardo não lhe havia respondido; e assim estando, veio uma voz de Deus que lhe disse assim: "Ó pobre homenzinho, por que estás perturbado? deve o homem deixar Deus pela criatura? Frei Bernardo, quando o chamaste, estava junto de mim; e portanto não podia vir ao teu encontro, nem te responder; não te admires, pois, de que ele te não pudesse responder; porque estava tão fora de si que de tuas palavras nada escutou". Tendo tido São Francisco esta resposta de Deus, imediatamente com grande pressa voltou a Frei Bernardo, para acusar-se humildemente do pensamento que tivera contra ele.

E Frei Bernardo, vendo-o vir para ele, foi-lhe ao encontro e lançou-se-lhe aos pés. Então São Francisco o fez levantar-se e referiu-lhe com grande humildade o pensamento e a perturbação que tivera contra ele, e como Deus lhe havia respondido, assim concluindo: "Ordeno-te pela santa obediência que faças o que te mandar".

Temendo Frei Bernardo que São Francisco lhe ordenasse alguma coisa excessiva, como fazia com frequência, quis honestamente esquivar-se desta obediência, e assim respondeu: "Estou pronto a obedecer-vos, se me prometerdes de fazer o que eu vos ordenar a vós". E prometendo São Francisco, Frei Bernardo disse: "Ora, dizei, pai, o que quereis que eu faça".

Então disse São Francisco: "Ordeno-te pela santa obediência que, para punir a minha presunção e a ousadia do meu coração, quando eu me deitar de costas, me ponhas um pé na garganta e outro na boca e assim passes sobre mim três vezes, envergonhando-me e vituperando-me e especialmente dizendo-me: 'Jaz para aí, vilão filho de Pedro Bernardone: de onde te vem tanta soberba, vil criatura que és?"' Ouvindo isto, e bem que lhe custasse muito a fazê-lo, no entanto por santa obediência, o mais cortesmente que pôde, realizou o que S. Francisco lhe ordenara.

Isto feito, disse São Francisco: "Ora, ordena-me o que queres que eu faça; porque te prometi obedecer". Disse Frei Bernardo: "Ordeno-te pela santa obediência que, todas as vezes que estivermos juntos, me repreendas e corrijas asperamente dos meus defeitos".

Do que São Francisco muito se maravilhou; porque Frei Bernardo era de tanta santidade que ele lhe tinha grande reverência e não o reputava repreensível em coisa nenhuma; e por isso dali em diante São Francisco evitava de estar muito com ele, pela dita obediência, a fim de não dizer alguma palavra de correção contra ele, o qual reputava de tanta santidade; mas, quando sentia vontade de vê-lo ou de ouvi-lo falar de Deus, dele se separava o mais depressa possível e se partia; e era motivo de grande devoção ver-se com que caridade e reverência e humildade o santo Pai Francisco tratava e falava com Frei Bernardo, seu filho primogênito.

Em louvor e glória de Jesus Cristo e do pobrezinho Francisco. Amém.
VIVAT CHRISTUS REX

www.facebook.com/VivaCristoRei

google.com/+VIVACRISTOREI

salvecristorei.blogspot.com.br

www.pinterest.com/vivacristorei

twitter.com/VivaCristoRei

vivacristorei.tumblr.com

Estar na Igreja


VIVAT CHRISTUS REX

www.facebook.com/VivaCristoRei

google.com/+VIVACRISTOREI

salvecristorei.blogspot.com.br

www.pinterest.com/vivacristorei

twitter.com/VivaCristoRei

vivacristorei.tumblr.com

domingo, 22 de novembro de 2015

Meu Senhor e meu Deus, meu Deus e meu Tudo

Paz e Bem.

Meu Senhor e meu Deus, meu Deus e meu Tudo!
Cristo Rei, Eterno Senhor.
Rendo-me ao teu olhar que penetra minha alma como um dardo em chamas de Amor.
Lanço-me ao teu olhar como uma criança aos braços do Pai.
Na imensidão deste vosso olhar repouso minha alma.
No Amor deste Vosso olhar por minha alma todas as trevas são dissipadas e resta-me responder-te com o mesmo Amor, esvaziando-me de mim mesmo e preenchendo-me de Ti.
Não resta-me nada e nada mais desejo possuir a não ser o Senhor como Rei e Senhor de minha vida.
Aniquilo-me para que vossa Graça seja minha única fonte de ânimo e para que nada mais me agrade a não ser estar em Ti.
Faça-se em mim pois sem Ti na me resta.
Tu és o principio único e o fim ultimo de todas as minha potencialidades. Tudo me destes e a Ti tudo devolvo, como um salutar canto de louvor, sem reservas com o coração triturado por Amor e Obediência.
Amém!
VIVAT CHRISTUS REX

www.facebook.com/VivaCristoRei

google.com/+VIVACRISTOREI

salvecristorei.blogspot.com.br

www.pinterest.com/vivacristorei

twitter.com/VivaCristoRei

vivacristorei.tumblr.com

sábado, 21 de novembro de 2015

Santo Inácio de Antioquia

Santo Inácio de Antioquia (35-110).

Esforçai-vos por ficar firmes na doutrina do Senhor e dos apóstolos, para que tudo quanto fizerdes tenha bom êxito na carne e no espírito, pela fé e pela caridade, no Filho, no Pai e no Espírito, no princípio e no fim, com vosso digno bispo e a bem entretecida coroa espiritual de vosso presbitério, juntamente com os diáconos agradáveis a Deus. Sede submissos ao bispo e uns aos outros como, em sua humanidade, Jesus Cristo ao Pai, e os apóstolos a Cristo e ao Pai e ao Espírito, para que a união seja corporal e espiritual.
VIVAT CHRISTUS REX

www.facebook.com/VivaCristoRei

google.com/+VIVACRISTOREI

salvecristorei.blogspot.com.br

www.pinterest.com/vivacristorei

twitter.com/VivaCristoRei

vivacristorei.tumblr.com

sábado, 14 de novembro de 2015

A Caridade

Grosseiramente falando, a caridade significa uma dessas duas ações: "Perdoar o que é imperdoável ou Amar pessoas que não são dignas de Amor."

G. K Chesterton.
VIVAT CHRISTUS REX

www.facebook.com/VivaCristoRei

google.com/+VIVACRISTOREI

salvecristorei.blogspot.com.br

www.pinterest.com/vivacristorei

twitter.com/VivaCristoRei

vivacristorei.tumblr.com

Nossa Senhora.

Profecia de Nossa Senhora, La Sallete - 1846

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

São João Maria Batista Vianney

São João Maria Batista Vianney (Santo Cura de Ars - 1786-1859).

Cuidado se você não sofre tentações, advertia o São João Maria Vianney.

"Talvez você ache que as pessoas que são mais tentadas, são indubitavelmente, os beberrões, os provocadores de escândalos, as pessoas imodestas e sem vergonha que deitam e rolam na sujeira e na miséria do pecado mortal, que se enveredam por toda espécie de maus caminhos. Não, meu caro irmão! Não são essas pessoas. As pessoas mais tentadas são aquelas que estão prontas, com a graça de Deus, a sacrificar tudo pela salvação de suas pobres almas, que renunciam a todas as coisas que a maioria das pessoas buscam ansiosamente. E não é um demônio só que as tenta, mas milhões de demônios procuram armar-lhes ciladas."

Prefiramos, pois, as amarguras e tentações da batalha, que preparam o Céu, à paz e à tranquilidade deste mundo, pois são elas que pavimentam a estrada para o inferno.
VIVAT CHRISTUS REX

www.facebook.com/VivaCristoRei

google.com/+VIVACRISTOREI

salvecristorei.blogspot.com.br

www.pinterest.com/vivacristorei

twitter.com/VivaCristoRei

vivacristorei.tumblr.com

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

A nuvem do não saber - A oração dos pobres

Excerto do livro - A NUVEM DO NÃO SABER - "A ORAÇÃO DOS POBRES".

Página 32.

Eleve seu coração para Deus com um humilde impulso de amor; e tome Ele como seu objetivo e não como qualquer um de seus bens. Tenha cuidado: evite pensar em outra coisa que não seja Nele mesmo, de maneira que não haja coisa alguma em que a sua razão ou a a sua vontade trabalhe, exceto Ele mesmo. Faça tudo o que estiver a seu alcance para esquecer todas as criaturas que Deus já criou, para que, nem o seu pensamento, nem o seu desejo, em geral ou em particular, sejam dirigidos ou estendidos a qualquer uma delas. Deixe-as em paz e não preste atenção nelas. Esta é a obra (ação) que mais agrada a Deus (1º mandamento). Todos os Anjos e Santos sentem alegria com este exercício, e estão desejosos em ajudar com todo o seu poder para que prossiga. Quando você se encarrega deste exercício, todos os demônios ficam furiosos e se propõem, na medida do possível a destruí-lo. Nós não podemos imaginar o quanto é maravilhoso o modo como todas as pessoas que habitam a terra são ajudadas por este exercício. Sim, e as almas do purgatório são aliviadas do peso de suas penas e também você é purificado e se torna virtuoso e isto tudo, e muito mais, por esta obra do que por outra qualquer.


Papa Emérito Bento XVI

Papa Emérito Bento XVI:

Na realidade, o caminho da morte é uma senda da esperança, e percorrer os nossos cemitérios, como também ler as inscrições sobre os túmulos é realizar um caminho marcado pela esperança de eternidade.
VIVAT CHRISTUS REX





domingo, 1 de novembro de 2015

Que aproveita o homem ganhar o mundo inteiro se vir a perder sua alma

Paz e Bem.
Sócrates, mestre de Xenofonte e Platão, e que viveu, aproximadamente, quatrocentos anos antes de Cristo, repetia: "Só sei o que é nada" ou, "Só sei que nada sei". Falava não com a humildade dos sábios;de vez que, quanto mais se sabe mais se descortina o infinito do que ignoramos. Porém, o Cristão, por menos dotado que seja sabe, com toda segurança, que Jesus Ressuscitou. Considera a tua grandeza, cristão! Caia de joelhos, agradece, adora Jesus Sacramentado, lembrando que : "Um Cristão de joelhos, vê mais longe, que um filósofo na ponta dos pés".
O homem deve partir do indispensável para o necessário; do necessário para o útil e finalmente do útil para o agradável. É o que nos ensina Jesus, quando nos adverte: "Que aproveita o homem, ganhar o mundo inteiro se vier a perder sua alma?" Que proveito se arrogar teólogo, quem desconhece o Catecismo?
Tales, de Mileto, um dos sete sábios da Grécia antiga, sabia de cor e salteado todo o sistema do zodíaco, constelações boreais: "Ursa maior e Ursa menor". Numa noite estrelada, aquele que era sábio, espiando e notificando o planetário, não percebeu um buraco e lá caiu. Conhecia, a olho nu, todo o sistema estelar e por desconhecer o jardim de sua casa, quebrou o pescoço e morreu. "Que aproveita o homem, ganhar o mundo inteiro se vier a perder a sua alma?" Saber é muito bom; ser sábio deve ser muito melhor, desconhecer a simplicidade da vida, uma tragédia!

VIVAT CHRISTUS REX

www.facebook.com/VivaCristoRei

google.com/+VIVACRISTOREI

salvecristorei.blogspot.com.br

www.pinterest.com/vivacristorei

twitter.com/VivaCristoRei

vivacristorei.tumblr.com

Postagem em destaque

Padre Francesco Bemonte

Padre Francesco Bemonte - Presidente da Associação Internacional de Exorcistas. São Pio de Pietrelcina, como também o beato carmelita e...