sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

O teste da Cruz

O TESTE DA CRUZ

A pedra de toque

O sofrimento é o melhor teste da qualidade espiritual de uma pessoa. O modo de sofrer, se for corajoso, sereno, discreto, revela o nível de maturidade do amor a Deus e do amor ao próximo.

A pessoa egoísta, quando sofre, volta-se para si mesma; sente-se vítima, cai na autocompaixão, reclama e absorve, de modo desagradável e exigente, as atenções dos demais; pode tornar a vida insuportável aos que estão junto dela. Tem muita razão o autor da Imitação de Cristo, quando diz: "Logo nós sentimos e calculamos os sofrimentos que os outros nos causam, mas não nos damos conta dos sofrimentos que nós lhes causamos".

Pelo contrário, quando a pessoa que sofre tem uma alma grande, cresce no amor e amadurece nas virtudes. Com seu exemplo edifica os outros e os ajuda-os a enfrentar, com  fé e com paz, as contrariedades.

Entende-se, deste modo, a frase de São Josemaria: "Não esqueças que a Dor é a pedra de toque do Amor" (Livro - Caminho, n. 439). Assim como a “pedra de toque” serve para avaliar a pureza do ouro, a dor abraçada com fé revela a pureza do amor.
VIVAT CHRISTUS REX






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Padre Francesco Bemonte

Padre Francesco Bemonte - Presidente da Associação Internacional de Exorcistas. São Pio de Pietrelcina, como também o beato carmelita e...