domingo, 7 de dezembro de 2014

Vai e apascenta as minhas ovelhas

Meditação do Evangelho de São João 21, 15-17.

"Tendo eles comido, Jesus perguntou a Simão Pedro: Simão, filho de João, amas-me mais do que estes? Respondeu ele: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe Jesus: Apascenta os meus cordeiros. Perguntou-lhe outra vez: Simão, filho de João, amas-me? Respondeu-lhe: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe Jesus: Apascenta os meus cordeiros. Perguntou-lhe pela terceira vez: Simão, filho de João, amas-me? Pedro entristeceu-se porque lhe perguntou pela terceira vez: Amas-me?, e respondeu-lhe: Senhor, sabes tudo, tu sabes que te amo. Disse-lhe Jesus: Apascenta as minhas ovelhas."

Meditação:

Quem apascenta as ovelhas de Cristo como se fosses suas, não ama a Cristo mas sim a si mesmo. O que Cristo disse: 'Tu me amas? Apascenta as minhas ovelhas (21, 17).' Se Me amas não penses em apascentar a ti mesmo, mas as minhas ovelhas, apascenta-as considerando-as minhas, não tuas; procura nelas a Minha Glória, não a tua; Meus Interesse, nãos os teus.
O defeito que mais devem evitar os que apascentam as ovelhas de Cristo consiste em procurar os próprios interesses e não os de Jesus, destinando ao proveito próprio aqueles por quem Cristo derramou Seu Sacratíssimo Sangue!
VIVAT CHRISTUS REX




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Padre Francesco Bemonte

Padre Francesco Bemonte - Presidente da Associação Internacional de Exorcistas. São Pio de Pietrelcina, como também o beato carmelita e...