terça-feira, 2 de dezembro de 2014

São Josemariá Escrivá

São Josemariá Escrivá (1902-1975).

Deus Pai dignou-se conceder-nos, no coração de seu Filho, infinitos dilectionis thesauros , tesouros inesgotáveis de amor, de misericórdia, de carinho. Se quisermos descobrir a evidência de que Ele nos ama - de que não só escuta as nossas orações, como a elas se antecipa -, basta-nos seguir o mesmo raciocínio de São Paulo: Aquele que nem ao seu próprio Filho perdoou, antes o entregou à morte por todos nós, como não nos dará com Ele todas as coisas?.

A graça renova o homem por dentro e converte-o, de pecador e rebelde, em seno bom e fiel. E a fonte de todas as graças é o amor que Deus nos dedica e que nos revelou, não apenas com palavras, mas também com fatos. Foi o amor divino que levou a segunda Pessoa da Santíssima Trindade - o Verbo, o Filho de Deus Pai - a assumir a nossa carne, isto é, a nossa condição humana, à exceção do pecado. E o Verbo, a Palavra de Deus, é Verbum spirans amorem, é a Palavra da qual procede o Amor.

VIVAT CHRISTUS REX




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Padre Francesco Bemonte

Padre Francesco Bemonte - Presidente da Associação Internacional de Exorcistas. São Pio de Pietrelcina, como também o beato carmelita e...