quinta-feira, 4 de julho de 2013

São João Crisóstomo.

São João Crisóstomo (345-407) - Presbítero de Antioquia - Bispo de Constantinopla - Doutor da Igreja.

Filho, tem confiança, os teus pecados estão perdoados.

Os escribas defendiam que apenas Deus podia perdoar os pecados. Jesus, antes mesmo de os perdoar, revela o segredo dos corações, demonstrando assim que também Ele possuía esse poder reservado a Deus [...], porque está escrito: «Só vós, Senhor, conheceis os segredos humanos» (2Cr 6,30) e «o homem vê o rosto, mas Deus vê o coração» (1Sm 16,7). Jesus revela, portanto, a sua divindade e a sua igualdade com o Pai mostrando aos escribas o que lhes ia no fundo do coração e divulgando-lhes pensamentos que eles não ousariam dizer em público com medo da multidão. E o faz com total doçura. [...] 

O paralítico podia ter manifestado a sua incredulidade em Cristo dizendo-Lhe apenas: «Muito bem! Vieste curar outra doença e sarar outro mal, o pecado. Que prova tenho eu de que os meus pecados são perdoados?» Ora, não é nada disso que acontece; ele confia-se Àquele que tem o poder de curar. [...] 

Cristo diz aos escribas: «Que é mais fácil dizer: 'Os teus pecados te são perdoados’, ou ‘Toma o teu catre e vai para tua casa’?» Dito doutra maneira: Que vos parece que é mais fácil? Restabelecer um corpo paralisado ou perdoar os pecados da alma? Evidentemente que é curar o corpo, uma vez que o perdão dos pecados ultrapassa essa cura, dado a alma ser superior ao corpo. Mas porque uma destas obras é visível, e a outra não, levarei a cabo precisamente a que é visível e menor, para assim comprovar a invisível e maior. E nesse momento, pelas suas obras, Jesus dá testemunho de ser «Aquele que tira o pecado do mundo» (Jo 1,29).

VIVANT CHRISTUM REGEM


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Padre Francesco Bemonte

Padre Francesco Bemonte - Presidente da Associação Internacional de Exorcistas. São Pio de Pietrelcina, como também o beato carmelita e...