terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

São Paulo.

Antes de deixar a comunidade de Tessalônica, (1Tes 5, 16-18), São Paulo os saúda dizendo:

"Vivei sempre contentes. Orai sem cessar. Em todas as circunstâncias, dai graças...".

Aqui estão as três sentenças a serem vividas por esta comunidade:

1ª - Vivei sempre contentes:
 Alegria não é sinal de felicidade. Felicidade é estar contente, satisfeito por estar fazendo a vontade de Deus, por saber que a vontade de Deus a respeito de seus filhos é um ato de Amor. Amar a Deus que é Amor!

2ª - Orai sem cessar:
A oração é o ato concreto da FÉ e da Humildade onde colocando-se diante de Deus o reconhecemos como Senhor e aos seus pés confiamos a vida. Orar a Deus que escuta e socorre, que sustenta, fortalece e prepara para a vida na Felicidade.

3ª - Dai graças em todas as circunstâncias:
Em todas as circusntâncias da vida dai graças a Deus, pois seus designos formam o caminho seguro para responder Seu chamado à Santidade - "Sede santos".

VIVANT CHRISTUM REGEM

São Macário

Quem se humilhar será exaltado.

"Certo dia, Pai Macário vinha do caminho e regressava à cela, trazendo consigo umas folhas de palmeira. Pelo caminho, o demónio veio ao seu encontro com uma foice de ceifeiro, e tentou atacá-lo, mas não conseguiu. Disse-lhe então o demónio: Macário, sofro muitos tormentos por tua causa, porque não consigo vencer-te. Contudo, faço tudo o que tu fazes: tu jejuas, e eu não como; tu velas, e eu não durmo. Há só um aspecto em que me vences. Qual? A tua humildade. É ela que me impede de te vencer".

 
 
VIVANT CHRISTUM REGEM

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Adoraçã ao Santíssimo Sacramento.

Jesus Cristo que vai ao encontro de seus irmãos! Quem é irmão de Jesus Cristo? É irmão de Jesus Cristo " TODO AQUELE QUE FAZ A VONTADE DO PAI".

Assista - Tradução: "Vejam o que fez este Padre em praça pública."


 
VIVANT CHRISTUM REGEM

 

O Calvário


Estando no Calvário contemplamos JESUS CRISTO desfigurado entre dois ladrões. Um dos ladrões sugere a JESUS CRISTO para que Ele se salve e salve a eles. Entendemos que esta sugestão é conveniente! Mas vamos voltar nosso olhar para Maria! Imaginemos JESUS CRISTO perguntando a Maria: "O que devo fazer?". Maria é Mãe. A dor de Maria é imensa, é como a dor de todas as mães do mundo chorando juntas por seus filhos. Mas Maria não exitou e permaneceu em silêncio e não falou para seu filho descer! Os olhos de Maria refletiam a dor como a de uma espada transpassando seu coração, mas sua alma estava entregue a vontade de DEUS, e inundada da vontade de DEUS ela manteve-se fiel e humilde.
A vontade de DEUS se cumpria aos poucos e aos poucos a alma de Maria enchia-se da certeza da Salvação, da Libertação dos cativos, pois ela via em cada gota de Sangue de Jesus uma multidão de almas salvas e resgatadas!
O que confortava e sustentava Maria? Sua confiança em DEUS,confiança que, mesmo diante de tamanho martírio, a enchia de PAZ! Através de Maria entendemos melhor o que diz São Paulo: "Em todas as circunstância, dai Graças!".
 
 
VIVANT CHRISTUM REGEM

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Papa Bento XVI

Paz e Bem.
Sem delongas! 
Qual o Cristão Católico capaz de ler algo como isto!
Mesmo usando do argumento que, "temos o dever de estar bem informados", qual é a informação deste produto que possa somar algo por menor que seja na vida de um Cristão Católico!
Não me atrevo a chamar isto de revista, pois revista é algo que pode de alguma forma levar o homem dos nossos dias a uma reflexão sensata e equilibrada em relação aos fatos diversos da vida de uma comunidade local, regional ou até mesmo global.
Agora questiono a todos! Qual é a verdade anunciada neste produto?
O menino flutuante, desde o responsável maior até o de cargo de menor responsabilidade, sabe lá o que significa um SACRAMENTO? Sabe lá o que é uma CRUZ? Sabe almenos o que é ou quem é DEUS?
Não conhecem nem mesmo o Norte de suas vidas, pois quem o conhece, não mente nem engana!
Lamento por vidas tão enraizadas no egoísmo! 
Amados irmãos da Santa Madre Igreja Católica Apostólica Romana, temos como no passado não muito distante, um exemplo fecundo, fiel e incondicional de Santidade a ser seguida, e este exemplo tem nome - BENTO XVI.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Capacidade Intelectual

Paz e Bem.
Contemplamos a capacidade intelectual chegar a picos impressionantes com grandes discursos ou pequenas explanações.
Lembro-me que Cristo nos ensinou a ser como as crianças, não que devemos ter a mesma mentalidade de uma criança, mas sim um coração onde a verdade não torne-se grandes questões mas seja reflexo fiel da simplicidade do Amor e do Perdão.
Simples e ao mesmo tempo tão profundo quanto toda a capacidade intelectual de toda a humanidade de todos os tempos juntas!
Nada mais é necessário que render-se ao Amor e ao Perdão. Render-se a esta verdade e lançar-se aos Braços de Cristo como as criancinhas o fizeram!

A Cruz

Paz e Bem.
Senhor Jesus que vossa Cruz seja meu norte, caminho a ser seguido verdade a ser vivida.


VIVANT CHRISTUM REGEM

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Papa Bento XVI


VATICANO, 17 Fev.- Em suas palavras prévias à oração do Ângelus, na Praça de São Pedro, o Papa Bento XVI exortou aos fiéis a não temerem o enfrentamento contra o espírito do mal, junto a Cristo, “o Vencedor”.

O Santo Padre pediu aos fiéis “que não tenhamos medo de confrontar, também nós, o combate contra o espírito do mal: o importante é que o façamos com Ele, com Cristo, o Vencedor”.

Ao recordar que na quarta-feira passada “com o tradicional Rito das Cinzas, entramos na Quaresma, tempo de conversão e de penitência em preparação à Páscoa”, o Papa assinalou que “a Igreja, que é mãe e mestra, chama todos seus membros a renovar-se no espírito, a reorientar-se decididamente para Deus, renegando o orgulho e o egoísmo para viver no amor”.

“Neste Ano da fé, a Quaresma é um tempo favorável para redescobrir a fé em Deus como apoio de nossa vida e da vida da Igreja. Isto implica sempre uma luta, um combate espiritual, porque o espírito do mal, naturalmente, opõe-se à nossa santificação, e tenta desviar-nos do caminho de Deus”.

Essa é a razão, explicou, pela qual “no primeiro domingo de Quaresma se proclama cada ano o Evangelho das tentações de Jesus no deserto”.
“Jesus, depois de ter recebido ‘investidura’ como Messias – ‘Ungido’ do Espírito Santo – no batismo no Jordão, foi conduzido pelo mesmo Espírito ao deserto para ser tentado pelo diabo”, recordou o Papa.

Bento XVI sublinhou que “no momento em que inicia seu ministério público, Jesus teve que desmascarar e rechaçar as falsas imagens do Messias que o tentador lhe propunha. Mas estas tentações também são falsas imagens do homem, que em todo tempo insidiam a consciência, disfarçando-se como propostas convincentes e eficazes, e inclusive boas”.

“Os evangelistas Mateus e Lucas apresentam três tentações de Jesus, que se diversificam parcialmente apenas pela ordem. Seu núcleo central consiste sempre em instrumentalizar Deus para os próprios fins, dando mais importância ao êxito ou aos bens materiais”.
O Papa remarcou que “o tentador é falso: não induz diretamente para o mal, mas para um falso bem, fazendo acreditar que as realidades verdadeiras são o poder e o que satisfaz as necessidades primárias”.

“Deste modo, Deus se torna secundário, reduz-se a um meio, em definitiva se faz irreal, não conta mais, desvanece”.

O Santo Padre advertiu que “nas tentações está em jogo a fé, porque Deus está em jogo”.

O Papa assinalou que “nos momentos decisivos da vida, se vemos bem, em todo momento encontramo-nos frente a uma encruzilhada: Queremos seguir a nós mesmos ou a Deus? Ao interesse individual ou ao verdadeiro Bem, o que realmente é bem?”.

Bento XVI assinalou que tal como nos ensinam os Padres da Igreja, as tentações formam parte da ‘descida’ de Jesus à nossa condição humana, ao abismo do pecado e de suas consequências”.

“Um ‘descenso” que Jesus percorreu até o final, até à morte de cruz e até o inferno da extrema distância de Deus”.

Por isso, disse o Papa, Jesus “é a mão que Deus estendeu ao homem, à ovelha perdida, para salvá-la. Como ensina Santo Agostinho, Jesus tomou de nós as tentações, para dar-nos sua vitória”.

Ao concluir o penúltimos ângelus do seu pontificado, o Santo Padre pediu que para estar junto ao Jesus “nos dirijamos à Mãe, Maria: invoquemo-la com confiança filial na hora da prova, e ela nos fará sentir a poderosa presença de seu Filho divino, para rechaçar as tentações com a Palavra de Cristo, e deste modo voltar a colocar Deus no centro de nossa vida”. 

 

Estar em Cristo


Paz e Bem.
Que meus olhos não enxerguem mais e minhas pernas e pés tornem-se imóveis e minhas mãos e braços sem equilíbrio, pois se meus olhos não contemplam mais Sua Glória e Seu Poder, se minhas pernas e pés não me conduzem mais por Suas Sendas e meus braços e mãos não trabalham mais em Tuas Vinhas qual realmente é o sentido de meu existir?
Aqui estou meu Senhor, crave vossa Cruz em minha Alma e assim todos os meus sentidos e suas potencialidades estarão a Seu Favor, e que vosso Sacratíssimo Sangue a afogue, minha alma, neste imenso oceano de Amor e Perdão, e que minha recompensa seja junto a Ti a Ressurreição! 


segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Papa Bento XVI


Paz e Bem Caríssimos.
Hoje com a notícia da renuncia do Santo Padre o Papa Bento XVI meu coração sentiu-se como que ferido!
Com esta decisão tomada de forma clara, consciente e equilibrada pelo Santo Padre ficamos a espera de uma avalanche de hipocrisias e mediocridades, maldades de toda forma vinda de diferente níveis sociais que eram e são contra as verdades anunciadas, pregadas por este Grande Homem de Deus. Homem culto no qual a Sabedoria de Deus faz morada pois defendeu e continuara a defender sua Fé, com os princípios primordiais do Cristianismo, o Amor e o Perdão, a Justiça e a Moral, a Doutrina e a Tradição. Homem que apresentou o Cristo para o mundo através destes princípios.
Sou um homem privilegiado pois pertenço a Santa Madre Igreja Católica Apostólica Romana, única e eterna Igreja na qual homens são levantados para nos guiar pelos caminhos de Cristo seguindo o exemplo dos Apóstolos, Discípulos, Mártires e Santos. Sou um homem privilegiado por carregar em minha Alma esta marca, este sinal!
Professo minha Fé total e irrevogável a Santa Madre Igreja Católica Apostólica Romana, obediência ao Sumo Pontífice e a toda hierarquia desta que é a Igreja de Cristo. 
Pode de ser um grande momento pelo qual estamos passando, mas momento maior será quando diante de Deus estivermos! Como nos apresentaremos? Como homens íntegros defensores da Fé Apostólica ou como homens que se lamentaram diante dos desafios?
Contemplemos a grandiosidade do gesto deste Homem! Tomemos como exemplo sua postura de humildade e verdadeiro serviço a Igreja de Cristo, tornando-se outro Cristo!
Rogo neste momento a Intercessão da Virgem Maria, Nossa Senhora e Nossa Advogada e dos Santos de Deus e a proteção do Anjos para que tudo concorra para Maior Honra e Glória do Nome de Deus e de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Clamo ao Consolador, ao Paráclito que intervenha com seu Poder e Glória neste momento de Reflexão, Crescimento e Amadurecimento dos corações que são fiéis a Santa Madre Igreja Católica Apostólica Romana para que todos hajam com Fé e Confiança.
Viva Cristo Rei, Viva a Igreja Eterna e Santa Católica Apostólica Romana.


sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Filoteu o Sinaíta

Paz e Bem.

Filoteu - O Sinaíta (Monge do Mosteiro de Batos e herdeiro do pensamento de São João Clímaco - Data desconhecida).

"Há uma guerra secreta, na qual os espíritos maus guerreiam contra a alma, por ação dos pensamentos.Como a alma é incorpórea, esses poderes do mal atacam-na imaterialmente, conforme sua natureza. Vê-se afrontarem-se armas e frentes de batalha, ciladas e combates terríveis; há lutas corpo a corpo, e as vitórias e derrotas são repartidas. Falta um único ponto de semelhança à guera espiritual: a declaração das hostilidades... Ela explode repentinamente, sem aviso prévio; por incursão nas profundezas do coração,  surpreende a alma numa emboscada mortal. Por que esses assaltos? Para impedir-nos de cumprir a vontade de Deus, conforme a oração: 'SEJA REALIZADA A TUA VONTADE' (Mt 6, 10), isto é, os mandamentos. Quem guarda atentamente o espírito contra o erro, por meio da sobriedade, observa com perspicácia os assaltos e as contendas em torno das imaginações. Esse é o fruto de uma longa experiência".

Postagem em destaque

Padre Francesco Bemonte

Padre Francesco Bemonte - Presidente da Associação Internacional de Exorcistas. São Pio de Pietrelcina, como também o beato carmelita e...